sábado, 4 de setembro de 2010

Poesia: Como seria um mundo ideal?

(Nário Ornellas)

Tantos avanços e retrocessos
Quantos viveram, com e sem sucesso
Numa esfera azul com fração maior de água
De uns que morrem na seca
Outros que da seca, nunca viram nada

O sistema dita a dura regra da vida
Que inserido, cidadãos se vão
Desde o que nasce, àquele que quer dele fugir
Ou você larga tudo e vive às margens
Ou vive dentro e interage
Sonhando pseudo-momentos de liberdade

Eu penso num dia em que o ser humano trabalhe menos
Que aproveite a Lua, que aproveite o Sol
Que adote o rítmo da natureza pra viver
O rítmo que é tão gostoso dançar
Mas que o dinheiro surge como um músico bagunceiro pra atrapalhar

Surge tocando notas mais altas, predominantes, hipnotizantes
Quebra o rítmo dançante
Que Deus mandou tocar aqui na Terra

Portanto a culpa é nossa, tudo agente atropela
Entra na onda desse músico bagunceiro, o dinheiro
Vivemos uma vida surreal, superficial, banal
Mas como seria um mundo ideal?

Sonhei acordado, pensei parado, maravilhado
Num mundo tranquilo, sereno, sem pressa
Onde as máquinas trabalhavam pra gente, afinal:
Por quê inventamos tantas delas?
Só pra ganhar mais dinheiro?
Mas que objetivo mais fútil é esse?
As vezes acho que todos falam outro idioma
As vezes tudo é tão difícil, como se eu não entendesse

Não,
No meu planeta ideal:
5 horas por dia é sua cota legal
As outras horas curtiriamos a família
Ninguém na sociedade viraria marginal
Desemprego não existiria, as outras horas alguem trabalhararia
E as pessoas trabalhar em mais de 1 emprego, estariam proibidas
Todos seriam obrigados à curtir a vida

Stress, doenças diversas seriam erradicadas
O ser humano ficaria mais harmonico e o bem venceria mais fácil
Os eclipses, as estrelas, a natureza
Seriam mais contempladas
Todas as belezas, antes esquecidas ou mascaradas

E os senhores da guerra? Os conspiradores do poder?
Esses ficariam fracos
Seria fácil vencer esse bando de ratos

Como dizia Bob Marley
"Quando os gatos saem, os ratos fazem a festa"
Acho que os ratos controlam o mundo com seu sistema cruel
Posso ser um sonhador, pensando num mundo mais igual
Um dia ele vai deixar de ser surreal, ficar real
Mas depende da mudança dentro de cada um de nós
De botarmos como prioridade o nosso irmão e não o dinheiro
Afinal, aqui nessa maravilhosa bola azul, somos só passageiros!


http://facebook.com/MelMascavo

Conheça a mais nova marca de roupas de algodão. Ecológicas, confortáveis, 100%brasileiras! Uma alternativa que pensa no meio ambiente. Inauguração em junho com loja virtual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário