quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Nós todos mineiros incansáveis, continuamos presos!

Sim, continuamos presos... A emoção, nossa, sua, minha, de todos, cidadão do planeta Terra que se emocinou com o resgate dos mineiros que passaram mais de 2 meses sem ver a luz do dia, sem o carinho dos familiares, resistindo contra as piores adversidades e acima de tudo resistindo às suas mentes, sim, foi maravilhoso! Mas nós continuamos presos!

Os mineiros buscavam tesouros, que enriqueceriam alguém, os mineiros trabalhavam porquê não tinham outra alternativa mais rentável e tinham algumas bocas pra alimentar, e nós, nós vivemos tão presos quanto eles ficaram esses 68 dias nas entranhas do sólo. Nós continuamos presos nos grilhões do não saber, das limitações de todo ser, e no véu de ilusão que nos cobre, alimentado pela busca incessante de bens materiais. Nós continuamos presos nas ilusões da vida, longe dos nossos verdadeiros tesouros: Os valores que são trucidados pelo dinheiro! Mas a culpa é nossa! Nós queremos e buscamos isso!

Quantos brindam a vida? Quantos agradecem ou realmente a aproveitam?
Esse exemplo, além do milagre do salvamento, pra bom entendendor meia palavra basta, e um ato como esse, fica claro que a intervenção divina deu sua contribuição para dar exemplo ao mundo de superação, irmandade e do que o ser humano é capaz.

Amigos blogueiros e leitores, já pararam pra pensar, que o homem já foi à Lua, já perfurou quilômetros e tirou petróleo, já escalou montanhas, já fez milagres na medicina, criou maquinas incríveis, já resgatou 33 mineiros, um por um de 700 metros de profundidade, ou seja, há tanta tecnologia, tanta coisa, mas ainda coexiste isso tudo com a fome, com a sede, com a miséria, será que é difícil conseguirmos cumprir também essa tarefa e nos orgulharmos?


Ah tá, esqueci que tem interesses de enriquecimento a custa da exploração e submissão de povos no mundo pelo bloco imperialista, seja global ou regional, o ser humano vive querendo engolir o outro. Isso é história e ela se repete sempre.

Fico feliz com tal ato heróico, mas também fico triste porquê sei que isso vai sumir em pouco tempo, e a verdadeira causa disso tudo vai passar batido. A Terra grita, a Terra chora, ela se manifesta, nós nos emocionamos, lutamos, vencemos e esquecemos.

Esquecemos ou não soubemos, que a mina havia sido condenada para exploração, porém pensando nos valores monetários e a ganância, fez com que a empresa mandasse os trabalhadores pra explorar novamente, e deu nisso.

Será que ninguém vai discutir isso?
A velocidade exacerbada em explorar os recursos minerais, exagero do trabalho humano e etc... Será que vamos continuar na maquiagem dos atos heróicos e orgulhos unilaterias de um povo ou categoria de trabalho.

Essa questão dos mineiros tem que ser ampla, é mais um sinal do planeta, para mudarmos nosso ritmo, adotar o ritmo da natureza.

Fica a reflexão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário