sábado, 19 de fevereiro de 2011

Expectativa de vida, puro papo furado!

Sempre vemos notícias bem exageradas e pra lá de contentes falando do aumento da expectativa de vida, na TV, no jornal, na Internet, mas nós estamos presos, sim estamos presos e qualquer escapadinha que conseguimos, o sistema vem com tudo nos sugar e explorar.

É isso mesmo, essa escapadinha que eu digo é no aumento da vida, ou seja, exemplificando com números fictícios, antes eu me aposentava com 60 anos e morria em média com 67, agora a expectativa de vida subiu pra 72, e o sistema dá um jeito de eu trabalhar até os 65, ou seja, qualquer escapadinha que nós seres humanos temos de aproveitar a vida, lá vem o sistema nos castrar e nos explorar, por isso essa afirmação que a expectativa de vida é papo furado, porque quanto mais vivemos, mais dá-se um jeito pra trabalhar muito mais. Isso é uma vergonha!

Tempo livre é o que menos temos durante a vida, talvez ganhamos um pouco no final dela, mas aí estamos sozinhos, amargurados, com lapsos de memória, saudosistas, cheios de manias, limitados fisicamente, vivendo nas hipóteses do "se" e "talvez", tentando recuperar o tempo perdido... assim que tudo funciona! Expectativa de vida, ou expectativa de resto de vida? Já que até lá é só isso! Porque o filé mignon da vida perdemos ou não damos valor por estarmos tão embutidos nas armadilhas do sistema, então de que adianta expectativa de vida? Puro papo furado! Mesmo porque quanto mais vivemos, mais trabalhamos! Ou seja, nem adianta se preocupar com isso, o jeito é viver o presente e ser feliz!

2 comentários:

  1. Adorei o texto... Verdadeiríssimo! Nossa realidade. A ausência da vida que dá espaço para o dinheiro. Acredito que os felizardos que conseguiram fazer de sua profissão um sonho realizado seja vantajoso trabalhar até morrer...mas para todos os outros mortais, pobres e escravos das multinacionais e seus subempregos, o aumento da expectativa de vida é apenas perpetuar suas sentenças. Sorte daqueles que conseguem viver burlando o sistema...
    Parabéns...concordei do começo ao fim!

    ResponderExcluir
  2. Apesar de toda a amargura do texto... CONCORDO PLENAMENTE!

    ResponderExcluir